DEZEMBRO 2013 – TRAVESSIA MAIOR PISCINA DO MUNDO– CHILE (16ª VIAGEM)

DEZEMBRO 2013 – TRAVESSIA MAIOR PISCINA DO MUNDO– CHILE (16ª VIAGEM)

Diário de Bordo por Marcos Pinheiro

Antes de ficar procurando erros de português, curta a viagem!
Mas se achar os erros, me mande, obrigado!

Dia 0 – 10 de dezembro de 2013

A viagem começa para 6 viajantes, Mauricio que veio de carro de Araranguá, sul de Santa Catarina, deixou seu carro em minha casa em Florianópolis, nos juntamos e fomos para o aeroporto de Florianópolis, conduzido por meu filho Marcus Augusto e de piloto meu sobrinho Vinicius. Um pequeno atraso do voo para São Paulo, chegamos e logo encontramos com a Cristina de Toledo e com o Rodrigo de Porto Alegre. Dormimos em pequenas “gaiolas”, um hotel dentro do aeroporto de Guarulhos.

Dia 1 – 11 de dezembro de 2013

Logo encontrei o grupo Talentos do Capão de São Paulo, aos poucos os viajantes foram de juntando, somente o casal Romeu e Rita de São Paulo, foram em um voo antes do nosso!

Um grupo bem heterogêneo, com a Carolina de 1 ano e a Irene de 79 anos!

O maior grupo de viagem até então, 39, estou com suporte do amigo Kilian e do sempre presente Valdinei!

Todos acomodados no avião a Silvana lembrou que era o dia 11 de 12 de 13!

Classe executiva!!!!

Não sei porque, mas a companhia aérea colocou duas das colegas na classe executiva. A Angela pediu para ficar com a irmã, que estava na classe econômica. Eu fiz o tremendo esforço para trocar de lugar com a Angela, fiz minha estreia na classe executiva!!!!

Foi, claro uma excelente e agradável experiência, a companhia da Tania de Curitiba, foi muito divertida!

Alguém disse que eu merecia, acredito que no momento, talvez eu merecesse sim!!!!

Vi um filme, que me emocionou, apesar de já ter visto antes, teve uma forte representação no momento da viagem e na minha vida!

A Maquina do Tempo, mostrou que não podemos mudar o passado, mas o futuro sim esta em nossas mãos, podemos escolher nosso caminho\destino!!!!!

Um voo muito tranquilo até Santiago. Eu tinha alertado os grupo dos possíveis e prováveis imprevistos que acontecem em uma viagem, dei o exemplo da possibilidade de nosso ônibus não estar no aeroporto. Uma das mochilas não chegou, o Kilain ficou para tentar resgatar a mochila, o ônibus nem sinal do cartaz com meu nome!

Procuramos muito o motorista, não achamos, fui atrás de um novo transporte, acabei contratando 4 vans que nos levaram tranquilamente para nosso hotel porto seguro em Santiago!
Me perguntaram como consegui tão rápido as vans, eu comparei com uma Travessia, quando esta um mar calmo e tempo bom, tudo é muito fácil. Agradeci ao grupo pela tranquilidade com que eles esperaram a resolução da situação. Em poucos minutos, o Kilian estava no hotel com a mochila!

Depois descobrimos que o motorista do ônibus estava com uma plaqueta com o nome dele, ahhhh não!!!!!!!!!!!

Duas horas de descanso, almoço no restaurante do hotel, saímos para caminhar pelo centro e trocar dinheiro. Dinheirinho na mão, fomos ao palácio La Moneda, a praça de Armas. Parte do grupo se perdeu, mas estavam como Kilian. Quando chegávamos perto do mercado, fomos comer na empanadas Zunino (esse nome me lembra um time da segunda divisão…), encontramos o grupo perdido, isso é sintonia!!!!

Voltamos ao hotel de metro, sem antes dar uma passadinha no Mercado de Artezanias!

Eu o Valdinei e o Mauricio saímos para correr, foram 40 minutos em volta do cerro Santa Lucia e as margens do Rio Mapocho!
Acabamos a noite bebendo vinho no quarto, uma garrafa de 1,5 litros, Conha y Toro, que custou a fortuna de 9 reais!!!!
Mas os bebedores eram tão “degustadores” de vinho que o nível do vinho pouco baixou!!!

Agora bateu o cansaço!

Boa noite.

Dia 2 – 12 de dezembro de 2013

Sem hora para acordar, mas o povo madrugou por volta da 8h. Nossa programação era visitar o Mall sports, um shopping com 70 lojas só de esportes. Um imprevisto, um dos nossos se sentiu mau!
O Kilian voltou com o amigo, o Jonas que é médico, prontamente abandonou o passeio para atender o doente!

Eu, levei o grupo para o shopping, mas logo voltei, estava preocupado!
Chegando no hotel, encontrei o Jonas, que logo me tranquilizou dizendo que estava tudo bem, que o problema era uma leve indisposição estomacal!
ufa!!!

Compramos comida e seguimos caminho para San Alfonso del Mar. No meio do caminho paramos em um “boteco”, a tia se apavorou com 38 pessoas invadindo a casa dela!
Foram 28 empanadas e 15 sanduiches, uma delicia!!!!

Uma breve passada na vinícula Veramonte. Chegamos a San Alfonso del Mar, um vento frio, mas a agua estava agradável, com aproximados 23 graus!

A informação que nos deram na administração nos preocupou, não era mais permitido nadar na piscina, por um problema ocorrido no verão passado!
Fui conversar com o administrador se podemos nadar ou não, caso ele diga não, nós seremos os últimos a nadar na piscina e será ultima viagem para o Chile!

Amanha pela manha vamos saber o veredito!

Juntamos 9 colegas e saímos para correr pela orla de Algarrobo!

O Valdinei, Geandré e Vinicius Cruz, disparam na frente, acabaram se perdendo, nós, eu, Michel, Rodrigo, Rubens, Gomes e Maria, esposa do Gomes, corremos até um clube de vela, corremos 1 hora. O Rubens disse que foi a maior corrida da vida dele!
Foi ótimo, voltamos pra casa cansados e felizes!

Volta para o quarto, aguardando o primeiro “rango”, com a pilotagem do Michel!
Um macarrão a bolonhesa, espetáculo!!!

Nós 6, Kilian, Mauricio, Rodrigo, Michel, Valdinei e eu, passamos muito bem, nossa primeira e hamônica refeição em San Alfonso del Mar.

Dia 3 – 13 de dezembro de 2013

Um dia importante, falar com o chefe das piscina. Quem estava doentinho acordou bem, um dos componentes do quarto acordou com um piriri, também conhecida como ligeirinha!
Os cuidados foram tomados para resolver os “pobremas”, o mais uma vez, so podemos ter dor de barriga, porque o “dotori” é Gastro!

Fomos eu e o Kilian conversa com senhor Ubaldo. Tinhamos 3 planos, somente 2 seriam apresentados a ele!

1º Plano – Abrir para que nademos, sempre que viéssemos aqui!

2º Plano – Nadarmos somente esta vez e nunca mais voltamos e essa seria a ultima viagem para o Chile!

3º Plano – Que não foi apresentado a ele, vamos nadar em um determinado momento, quando eles descobrirem, já estaremos do outro lado!

A conversa começou com ele explicado os motivos para não nadar e dizendo que era uma determinação superior!
Ele inicialmente disse, de forma alguma!
Mas ele foi atencioso e simpático, mostrei pra ele o troféu de comemoração por atravessar a piscina. Saímos de lá com a promessa dele em reavaliar a situação!
Como não foi não!
A resposta foi boa!!!!

Ele ficou de me comunicar quando tivesse a resposta. Até agora, as 17h26m, nenhuma resposta!

Enquanto aguardamos essa resposta, decidimos que nadaremos domingo as 11h, como dizem eles, “SI O SI”. As 10h30, levei parte do grupo até Isla Negra, a principal casa de Pablo Neruda, Isla Negra. Todos fomos de Liebre, pequenos ônibus velhos que fazem um excelente em todo o litoral do Chile. Voltei para a San Alfonso e levei outro grupo para Isla Negra. Ganhei 2 presentes para não esquecer na vida, os 2 foram por palavras escritas pela internet. Eu e o Valdinei, acabamos “filando uma boia” no quarto do Capão!
Um arroz unidos venceremos, parecido com minha querida e saudosa vó Rita!
Nesse momento, enquanto escrevo, aguardamos para ir as 7h na piscina de agua quente!
Pela primeira vez de todos que já vieram aqui comigo, alguém nadou no pacifico. Valdinei, Rubens, Michel, Mauricio, Geandré, Sara, Vinicius Cruz, Vinicius Gomes, Mateus, Iris, André, Sabrina, Tifani e André!

Parabéns pela coragem!!!

O Mauricio e Valdinei entraram no mar na frente do condomínio, o Mauricio lançou um novo tipo de jacaré (pegar onda sem prancha) o carrinho!!!!

Na borda da hidromassagem foi articulado o plano para nadar na PISCINA MA/iS GRANDE DO MUNDO!

Tem uma pessoa, que prefiro preservar a identidade, coletou informações importantes com os funcionários de San Alfonso. Ficamos entre 2 horários, sábado as 20h30 ou domingo as 7h da manha!
Analisando todas as possibilidades, chegamos a conclusão que domingo as 7 da manha, seria o melhor momento, por ser dia da eleição presidencial, os funcionários chegarem somente as 8h. Deixo claro que não se trata de uma ilegalidade, mas de uma falta de informação e de consideração deles em não avisarem que não era mais permitido nadar!!!

Após um relaxante banho na piscina térmica, fomos para o restaurante no aquário, para cantar parabéns para a Renatinha!

Terminamos a noite, eu o Kilian e o Michel ao som de Ana Carolina cantando Evidencias!!!!

http://letras.mus.br/ana-carolina/98089/

Dia 4 – 14 de dezembro de 2013

Saímos as 8h da manha, nossa direção era o Lago Curauma. Fomos os primeiros a chegar, um dia frio, com neblina e muita fumaça saindo do lago, o que indicava um bom sinal, que a agua estava mais quente e temperatura fora!

Com um pequeno atraso de 1 hora, iniciaram as provas, nos 500 metros, participaram a Ketlen e a Lucimara, que fez sua primeira Travessia. No 1500 metros nadaram, Valdinei, Mauricio, Michel, Rodrigo. Nos 3000 metros, nadaram, Vinicius Gomes, Rubens, Tania e Geandré! No 5000 metros nadaram, Iris, Vinicius Cruz, Tifani e Mateus. Nos 10000 metros nadou a Sara, que teve a grande oportunidade de nadar com a maior atleta Chilena de todos os tempos, Kristel Köbrich. No fim do evento recebemos o troféu como maior equipe!

Passamos para almoçar em Valparaiso, seguimos para Viña Del Mar, vimos o relógio de flores, em Reñaca vimos os Leões Marinhos!

Voltamos para San Alfonso com mais um dia repleto!

As 22h, fizemos um jantar coletivo no ap 512, capitaneado pelo Jonas!
Cada um dos apartamentos fez sua comida, e levou junto com bebidas pratos e talheres. Um verdadeiro banquete, uma comida melhor que a outra!
Resgatamos o verdadeiro compartilhamento dos povos antigos. Eu falei algumas palavras, outros também falaram, a emoção bateu forte em todos!

Amanha é o dia…..

Eu, o Valdinei e o Rodrigo, acabamos a noite escutando, Primeiros erros do Capital Inicial!

http://letras.mus.br/capital-inicial/6791/

Dia 5 – 15 de dezembro de 2013

Acordamos as 6h00, encontramos o povo natatório na recepção do nosso bloco. Caminhamos em direção aoextremos norte da piscina, entramos na piscina pequena para aquecer, seguimos a caminhada até a parte de traz do restaurante. O Gomes caminhou até a guarita, o guarda perguntou se ele iria nadar, e se ele falava português, com ambas as respostas negativas, ele se acalmou, eu cheguei e dei o sinal para todos entraram na agua. Eram 11 os desbravadores, provavelmente foram os últimos a atravessar a maior piscina do mundo nadando!
O chefe da segurança, tranquilamente nos observou, eu falei para ele ficar tranquilo que era somente uma volta na piscina!

Entreguei os troféus com o nome de cada um, uma satisfação para mim e para todos os que nadaram. O Kilian, que talvez nunca tinha nadado tanto na vida, achava que não conseguiria, mas chegou ao final!

CONFESAMOS QUE NADAMOS!!!!!!!

Quando saímos para correr, nos dias anteriores, observei que um canto da praia, as pedras rolavam com a força das ondas, formando os chamados seixos rolados, essas pedras arredondadas de rio ou mar. Me lembrei de uma das historias de um antigo personagem do folclore brasileiro, o Pedro Malazarte. Certo dia, sem nada para comer em casa, teve a ideia de fazer uma sopa de Pedra. Juntou três pedras, e passou na casa de seus vizinhos, e pediu em cada casa, um ingrediente para fazer uma sopa de pedra!
Inspirado nessa historia, fomos até o ninho de pedras, onde escolhi 3 pedras, representando minha família!
Cada uma delas com uma diferente forma, quase como diferentes estágios de evolução!
Cada uma de cada cor e composição como cada um de nos!

Escolhi pedras que estavam de movendo com a força do mar!

PEDRAS VIVAS!

Após uma breve parada para o desajunto, voltamos felizes para ajustar nossa bagagem para começar o caminho de volta pra casa!

Na entrega das chaves dos apartamentos, agradeci ao administrador e por final disse a ele, "Confesso que nadamos!"
Ele me disse sorrindo, "Muitas coisas são ilegais no Chile, mas se faz!!!"

Nosso motorista nos sugeriu visitar um lugar, que fica bem próximo a San Alfonso, um lindo e primitivo lugar chamado Umedal. Omar disse que era um lugar, como o lugar onde chegou Cristovam Colombo. Uma desfiladeiro, com uma vegetação diferente da região sustentada pela umidade, por isso o nome do lugar!
(neste momento escuto o lindo discurso de vitória de Michele Bachelet)

Voltamos para Santiago, durante a viagem foram realizadas as ultimas tarefas da gincana, que fez a viagem passar bem rápido!

Como um pai, uma mãe que sente a síndrome do minho vazio, eu me senti assim!

O grupo, não era aquele grupo acanhado que chegou dia 11 de dezembro, hoje apenas 5 dias depois, estão todos DESCOLADOS!

Não dependem mais de mim para caminhar, passear, descobri, desvendar a cidade!

Mas afinal, para isso estou aqui, SIGAM SEUS CAMINHOS!

Como falei no primeiro dia, não voltamos igual, em alguns é nítida a diferença!!!

Dia 6 – 16 de dezembro de 2013

Tentamos alugar bicicletas em Santiago, não era pra ser!

Cada um seguiu seu rumo!

Eu, o Valdinei e o Rubens, fomos na rua San Diego, que tem 50 lojas de bicicletas!

Acabamos trazendo uma bela bike aro 29!

Na volta pro hotel, me recordo da contribuição de cada um, a experiência, as historias, as palavras!

Dia 7 – 17 de dezembro de 2013

Últimos ajustes antes de partirmos para o Aeroporto, o grupo recebeu elogios do motorista do ônibus e do hotel, como um grupo tranquilo e com pessoas felizes e educadas!

Fizemos uma foto oficial na frente do hotel.

1m

 

Finalizamos a gincana, que com certeza trouxe um aprendizado sobre o Chile a todos nós, distribuímos as camisetas de premio e seguimos para nosso ultimo deslocamento de ônibus!

Todos se despedindo de todos, alguns não nos veremos nunca mais, mas a maioria nos encontraremos em alguma travessia ou viagem.
Obrigado pela confiança em nosso trabalho!

Até a próxima!

Marcos

Os tripulantes:
1 – Matheus – São Paulo
2 – Gomes – São Paulo
3 – Vinicius Gomes – São Paulo
4 – Tiffany – São Paulo
5 – Sarah – São Paulo
6 – Marcia – São Paulo
7 – Vinicius – São Paulo
8 – Ana Cristina – São Paulo
9 – Iris – São Paulo
10 – Maria Luiza – São Paulo
11 – Maria – São Paulo
12 – Andre – São Paulo
13 – Lucia – São Paulo
14 – Rubens – São Paulo
15 – Simone – São Paulo
16 – Carolina – São Paulo
17 – Carlos – São Paulo
18 – Ruth – São Paulo
19 – Elisangela – Curitiba
20 – Geandre – Curitiba
21 – Sabrina – Curitiba
22 – Michel – Curitiba
23 – ketleen – Curitiba
24 – Jonas – Toledo
25 – Lucimara – Toledo
26 – Mauricio – Ararangua
27 – Valdinei – Florianópolis
28 – Cristina – Toledo
29 – Elisa – Toledo
30 – Silvana – Curitiba
31 – Irene – Curitiba
32 – Renata – Curitiba
33 – Rodrigo – Porto Alegre
34 – Angela – São Paulo
35 – Tânia – Curitiba
36 – Romeu – São Bernardo do Campo
37 – Rita – São Bernardo do Campo
38 – kilian– Florianópolis
39 – Marcos Pinheiro– Florianópolis

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.